31 de janeiro de 2011

Adoro ler um bom texto e lá no meio ter umas asneirazitas do tipo: merda, cabra, puta, cabrão. Basta!

Sem comentários: