30 de agosto de 2012

sorte

Então como sou a rapariga mais sortuda deste mundo, já não bastava estar o cromo da minha turma com quem não falo comigo nas aulas de código, descobri que também anda lá a maior puta que podia existir que só me apetece agarrar nela e mandá-la pela janela fora. Se a apanho em alguma aula nem sei... -.-


3 comentários:

Susi disse...

Xi que azar! Mas realmente no código acho que faz parte encontrar sempre alguém desagradável!!

Helena Beatriz disse...

sem stress, calma
não lhe dês importância
foi uma triste coincidência, so isso

RowDamsel disse...

É a cena mais desagradável de sempre -.-